segunda-feira, julho 02, 2007

A Vida Depois do Crash do Petróleo

Life After the Oil Crash
02-07-2007

http://www.danielestulin.com/?op=noticias&noticias=ver&id=385&idioma=en

Ler artigo:
http://www.lifeaftertheoilcrash.net/Archives2007/BlogNSA.html

1 comentário:

Dutra disse...

Na verdade o petroleo deveria ter deixado de ser utilizado nos principios do sec. XX

Parece estranho dizer isso e ainda mais aceitá-lo. Mas o problema é o poder económico e politico resultante da dependencia de fornecedores. Essa é a causa 1ª da não utilização do oceano de energia em que a matéria se banha e a sustenta. Essa energia é acessivel.

Muitos inventores, não deformados pela 'ciencia' oficial (dogmática e limitada) descobriram diversos processos de captar e transformar essa energia em energia electrica... mas não só electrica.

A maioria destes inventores não compreendiam a razão por detrás dos seus aparelhos... apenas se haviam 'adaptado' á realidade e avançado nas suas experiências de acordo com essa mesma realidade.

O processo 'oficial' é distinto: Lê-se os textos 'cientificos' oficiais e rege-se por eles. Ou seja admite-se os textos como realidade para uso corrente. Claro que este 'processo' nada tem de cientifico mas é assim que os templos do saber oficial funcionam apesar de louvar o espirito cientifico que não praticam. Ao invés... em vez de haver FORMAÇÃO há é DECORAÇÃO... dá-se primazia à memória em vez de ao entendimento ou ao espirito de procura e descoberta... Uma velha história.

Adiante: As bases do electro-magnetismo já foram à décadas revogados pela física quantica. Uma nova visão existe, mais correcta que a deturpada por razões que não interessa abordar aqui. São feitas afirmações que são falsas por desconhecimento... e tudo continua na mesma. E os físicos não mechem em electromagnetismo e por isso também desse lado tudo se mantém em repouso.

Então o que aconteceu aous inventores?
Bem... a maioria desapareceu. Ou mortos em condições estranhas, ou simplesmente enriqueceram não se sabe com e calaram-se... mas ficaram vivos.

Uma pequena quantidade sofreu atentados mas escapou calando-se depois.

Entretanto apenas pequenos grupos militares teem usado sistema cada vez mais aperfeiçoados e poderosos para fornecimento de energia.

A história é longa e não cabe aqui... mas recentemente já houve quem se atrevesse e estranhamente tenha sido 'autorizado' a pôr os seus aparelhos à venda... Porquê? o Futuro o dirá.

Quem esteja interessado pode encontrar dezenas de links válidos e centenas de desinformação (o costume). Tenho todo o gosto em partilhar a minha selecção de links aos interessados.